O TESTEMUNHO DO SENHOR

17.6 O TESTEMUNHO DO SENHOR

Manjar Celestial:

https://www.facebook.com/103993307771874/posts/131488755022329/


Finalmente, o próprio Senhor condena um grupo de pessoas que se levantaria na igreja, chamados de “nicolaítas” (Ap 2:6, 15). Essas pessoas introduziram impurezas no testemunho cristão; e pelo significado de seu nome, muitos estudiosos da Bíblia concluíram que estas podem muito bem ter sido as primeiras sementes do clericalismo. A palavra “nico” significa “governar”, e “laitan” – que é a mesma palavra para laico – significa “povo”. Os nicolaítas eram um partido formado por pessoas que aparentemente buscavam meios de “governar sobre o povo”, e por isso poderiam muito bem ter sido o início do sistema que faz distinção entre clero e leigos. O Senhor nos diz especificamente que as “obras” e as “doutrinas” dos nicolaítas são coisas que Ele odeia (Ap 2:6, 15). Temos nisso tudo um testemunho abundante de quase todos os escritores do Novo Testamento sobre o fato de que haveria um grande distanciamento da simplicidade da fé cristã (2 Co 11:3-4).

Os apóstolos nos disseram que, em sua ausência, surgiria um sistema de coisas que não teria qualquer fundamento na Palavra de Deus. É verdade que em algumas igrejas ocorre uma parcela maior desse erro eclesiástico do que em outras. Mas, seja na basílica de São Pedro em Roma, seja na menor capela evangélica, a maioria delas – se não todas – trazem os princípios básicos do clericalismo inseridos em seus sistemas de governo. O crente que é instruído segundo os pensamentos de Deus não tem alternativa senão admitir que aquilo que se apresenta aos homens como a igreja de Deus tem pouca ou nenhuma semelhança com a igreja de Deus conforme é apresentada na Palavra de Deus. Sua pergunta poderá ser: “O que aconteceu?” Em poucas palavras, a resposta é que nós (a igreja) fracassamos.

https://www.facebook.com/103993307771874/posts/131488755022329/