Dispensações

Pão e Vinho

Dispensação

O significado da palavra ‘dispensação’ no Grego é o mesmo que ‘economia’ ou ‘administração de uma casa’ sendo, portanto, uma certa maneira de Deus tratar com o homem na administração variada dos Seus desígnios em diferentes épocas.

Existem três principais dispensações: Lei, Graça e Milênio, das anteriores: Inocência, Consciência, Governo e Promessa não é correto chama-las de dispensações e sim de tempo, era, período, ou algo semelhante.

1 Inocência

Responsabilidade: Não comer da árvore do conhecimento do bem e do mal.

Fracasso: Comeram.

Juízo: Morte e a maldição sobre toda Terra.

Início: Criação do homem. Gênesis 2.26-31, sexto dia.

Término: Queda do homem. Gênesis 3.

Duração (tempo): Desconhecido.

2 Consciência
Responsabilidade: Obedecer a Deus com base na consciência.

Fracasso: Corrupção total da humanidade.

Juízo: Dilúvio.

Início: Quando Adão foi posto fora do Éden.

Término: Dilúvio.

Duração: 1.656 anos.

3 Governo
Responsabilidade: Multiplicar e Povoar toda a Terra.

Fracasso: Desobedeceram.

Juízo: Confusão de línguas – Babel.

Início: Após Noé sair da arca com sua família. Gênesis 9.

Término: Chamamento de Abrão. Gênesis 12.

Duração: 427 anos.

4 Promessa
Responsabilidade: Morar em Canaã.

Fracasso: Moraram no Egito.

Juízo: Escravidão no Egito.

Início: Chamamento de Abrão. Gênesis 12.

Término: Entrada dos filhos de Israel em Canaã.

Duração: 430 anos

5 Lei
Responsabilidade: Guardar a Lei.

Fracasso: Violaram a Lei e rejeitaram o Messias.

Juízo: Dispersão por entre as nações.

Início: No deserto, após terem passado o Mar Vermelho.

Término: Rejeição do Messias (o Cristo – o Senhor Jesus)

A destruição de Jerusalém foi a ação judicial – por assim dizer – que demarcou o seu fim, e consequentemente a dispersão dos judeus.

Duração: 1.520 anos.

6 Graça
Responsabilidade: Crer no Evangelho da Graça de Deus – Receber ao Senhor Jesus pela fé.

Fracasso: Rejeitaram o Senhor Jesus.

Juízo: Condenação eterna – Inferno. João 3.18,36. (Veja também A Grande Tribulação).

Início: Dia de Pentecostes em Atos 2. A vinda do Espírito Santo. A morada do Espírito Santo no crente é o que caracteriza esta dispensação.

Término: Dia do arrebatamento. A vinda do Senhor Jesus para os Seus santos.

I Tessalonicenses 4.13-17 – “Num momento, num abrir e fechar de olhos…” I Coríntios 15.52

Duração: Até hoje, tem durado aproximadamente 2.000 anos.

7 Milênio
Responsabilidade: Obedecer e a adorar a Cristo.

Fracasso: Rebelião.

Juízo: Inferno.

Início: A vinda do Senhor Jesus nos ares com os Seus santos.

Término: Satanás será solto e haverá a última rebelião – Gogue e Magogue (Apocalipse 20.7,8).

Duração: 1.000 anos.

Saiba mais:

http://escritosdolemao.blogspot.com.br/2010/10/dispensacao.html

Estudo das Dispensações:

1-Inocência

2-Consciência

3-Governo

4-Promessa

5-Lei

6-Igreja

7-Igreja I

 Igreja II

8-Igreja I

    Igreja II

Mapa das dispensações

Luis Lemão.